Blog da Marcinha

Ao postar emoções, medos, sensações e utopias aqui, através de fotos, pensamentos, crônicas, artigos e poesias, entrego a vocês um pedaço enorme do meu coração, por vezes ferido, outras alerta ou contente. Use com moderação!

25 agosto, 2009

Poesia na ponta do lápis (*)(**)


Uma poesia ganha forma
com a dança de um lápis
sobre uma folha de papel.
Adapta-se a toda reforma
com espírito de aprendiz
aglutina rima de beleléu.
Escreve versos sem norma
com azul escuro ou aniz
mas capricha no tom pastel.
Depois deste desembaraço,
logo é a nova convidada
do proprietário do espaço.
Promete vir de entrelaço
encabulada e apadrinhada
pelos Poetas Del Mundo


(*) márcia fernanda peçanha martins
(**) escrito especialmente para o 2º Encontro dos Poetas Del Mundo no Lápis Café

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Violetta disse...

E viva a poesia rabiscada pelo grafite de um lápis...beijos poeta!

29 de agosto de 2009 01:02  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial