Blog da Marcinha

Ao postar emoções, medos, sensações e utopias aqui, através de fotos, pensamentos, crônicas, artigos e poesias, entrego a vocês um pedaço enorme do meu coração, por vezes ferido, outras alerta ou contente. Use com moderação!

13 agosto, 2010

As asas (*)(**)



Nada me prende neste lugar
e nem ao mofo do passado.
Não fico imóvel a estacionar,
deixo o ontem engarrafado.
Se corro, vou de bar em bar,
se bebo, não consigo parar,
se te amo, é do jeito errado,
e se me amo, troco de lado.
Desafio sou inconseqüente.
Misturo, sou inconsistente.
E quando quero surpreender
pego as minhas asas e
inocente começo a percorrer
meu coração em brasas

porque não sei te esquecer

(*) exercício poético feito na Comunidade Poemas à Flor da Pele a partir da declaração de José Saramago: O QUE HÁ DE MAIS BONITO É O HOMEM NASCER SEM ASAS E FAZÊ-LAS CRESCER.
(**) márcia fernanda peçanha martins

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Coração Pirata disse...

gostei muito de suas postagens...parabens pelo sucesso.
gostaria de lhe convidar para visitar o meu blog coração pirata, vc vai encontrar muitas mensagem e recadinhos de amorrr.

22 de outubro de 2010 16:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial