Blog da Marcinha

Ao postar emoções, medos, sensações e utopias aqui, através de fotos, pensamentos, crônicas, artigos e poesias, entrego a vocês um pedaço enorme do meu coração, por vezes ferido, outras alerta ou contente. Use com moderação!

28 outubro, 2008

O voto da periferia (*)


Cada novo dia ganha um amanhecer mais amarelecido
Cada nova manhã estampa uma notícia difícil de engolir
Cada final de almoço tem um gole de café amargo de tragar
Cada entardecer aparece um companheiro pra acudir

A vida segue, com seus passos peregrinos
Ela é soberana, se enfeita, se perfume e nem dá bola
A esperança respira, com sua força de criança
Ela é insegura, se espreita, se esconde e se enrola

Um partido se constrói e se destrói, muito rápido
Não há mais comício, reunião e nem agito de bandeiras
Um partido se gesta e se enterra, sem convite
Não há mais estrela, nem vasos esperando nas soleiras

Mesmo assim, Dona Leonor enfeitou-se de domingo,
Vestido e chapéu de aba larga que ganhou de presente,
Pro sol não esquentar a cabeça e não esquecer o caminho,
Que leva até a seção em que ela vai votar no presidente

Pegou o ônibus cedinho lá da periferia e levou seu João,
Ainda com cheiro horrível de pinga da noite não dormida,
Em todo o caminho, de solavancos e poeira, a comadre
Não desfez um papel amassadinho fechadinho em sua mão

Desceu da condução, confusa e tonta com as buzinas,
Mas é dia de passeio, de conversa fora, de euforia
Não perdeu a pose, botou batom, se ajeitou e se arrumou,
Leonor, de braço com João, foi brincar de cidadania.


márcia fernanda peçanha martins
(*) em homenagem aos 327.799 eleitores de Porto Alegre (41% dos votos válidos) que tentaram, no dia 26 de outubro de 2008, devolver a cidade aos seus moradores, através da candidata da Frente Popular, Maria do Rosário

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Jorge Correa disse...

Só podia partir de ti, Márcia, um poema sensível como este. E ainda mais homenageando os nossos eleitores. Parabéns por todo o blog e,especialmente, por esta postagem.
Beijos

17 de novembro de 2008 12:29  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial