Blog da Marcinha

Ao postar emoções, medos, sensações e utopias aqui, através de fotos, pensamentos, crônicas, artigos e poesias, entrego a vocês um pedaço enorme do meu coração, por vezes ferido, outras alerta ou contente. Use com moderação!

05 março, 2009

A noite da lua (*)

De uma cor tão branca
e forma redonda,
no céu resplandecia
a lua toda cheia.
Com a noite na retranca
a nuvem fez ronda,
em toda astronomia
feito uma sereia.

De braço com a estrela
ficou toda nervosa
à espera dos astros
chamados para a festa.
E para então entretê-la
fez-se toda charmosa
carregando candelabros
e cantando uma seresta.

Quando se achou linda,
tal guria bailarina
ou mulher apaixonada
ocupou todo o céu.
E nada rivalizou ainda
com o ato da menina
que se quedou paralisada
como lua de papel.


(*) márcia fernanda peçanha martins

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger cleva disse...

Adorei a imagem e a poesia...se não se importa vou copiá-la (claro colocarei seu nome)PArabéns!!!

12 de junho de 2010 22:07  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial