Blog da Marcinha

Ao postar emoções, medos, sensações e utopias aqui, através de fotos, pensamentos, crônicas, artigos e poesias, entrego a vocês um pedaço enorme do meu coração, por vezes ferido, outras alerta ou contente. Use com moderação!

24 janeiro, 2009

Que dia!


Amanheço devagar
para que os olhos
se abram num piscar
examinem o sol
cheirem o vento
e acendam o farol

Acordo no momento
do banho quente
de buscar o sustento
me limpar do cabaré
comer pão amanhecido
e um pingado café

Caminho abatido
para driblar o tempo
e o sono foragido
porque na repartição
tudo é entorpecido
pela linha da produção

Mais tarde, a marmita
tem feijão fervido
e a comida favorita
um arroz grudento
porção de batata frita
algo como um alimento

No final, tudo se ajeita
no ônibus de volta
minha cabeça se deita
e já começo a pensar
na comida pro jantar
e na cama ainda desfeita.


márcia fernanda peçanha martins

Marcadores:

2 Comentários:

Blogger Jorge Correa disse...

Márcia, a ilustração está tão perfeito quanto o verso. Parece tu e tua sempre presente organização.....
Jorge

8 de fevereiro de 2009 12:24  
Blogger marcinha disse...

Pior é que é tt desorganização na ilustração que jamais me encontraria alia

10 de fevereiro de 2009 22:14  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial